YAHOO

YAHOO 25

Há exatos 25 anos, o Yahoo tem sido presença obrigatória no cenário Pop Rock Nacional, referência de versatilidade, técnica, emoção e diversão.

Os fundadores Zé Henrique (baixo e voz) e Marcelão (bateria e percussão), agora com o sangue novo de Ricardo Aspira (guitarra, violão e vocal) e Rodrigo Novaes (guitarra, violão e vocal), mostram boa parte do que sabem em seu novo cd Yahoo 25.

Sendo o primeiro álbum de canções ineditas em 10 anos, a banda se reinventou, com uma volta ao começo. A formação com 2 guitarras, azeitada por incontáveis shows Brasil a fora, além da produção do experiente PH Castanheira (Lulu Santos, Lobão, Capital Inicial) trouxeram de volta pra esse disco o “punch rock n’ roll” dos primórdios da banda quando então, o mestre Robertinho de Recife pilotava as guitarras e a produção do Yahoo. O novo CD foi gravado depois de 3 meses de ensaios, no mais sofisticado sistema de gravação atual (disponível no Brasil apenas no Studio Yahoo), o mesmo usado por bandas lendárias como Aerosmith e Kiss, o que permitiu imprimir um peso ainda maior ao que se ouve!

Na esteira dessa data tão emblemática, outra boa surpresa para os fãs: A gravadora EMI está lançando em julho de 2013 um CD remasterizado com os maiores sucessos dos 5 primeiros discos da banda lançados por lá entre 1988 e 1993.

Mas nada disso teria graça, se eles não pudessem mostrar ao vivo todas essas novidades! E os planos não são poucos, como define o cantor e baixista da banda, Zé Henrique:

“No palco é onde nos sentimos mais a vontade. A verdadeira razão de todo esse trabalho! E nossos planos são ousados para essa turnê de 25 anos. Queremos voltar em TODOS, absolutamente TODOS os estados do Brasil em que ja fomos! É uma forma de retribuir ao imenso carinho que nos foi dado nesse últimos 25 anos por nossos fãs espalhados pelos 4 cantos do país! Também vamos pela primeira vez tocar todos os hits de nossos 8 cds num mesmo show!! No mais é só deixar a emoção e o público nos levar! Aliás, não muito diferente do que têm sido ao longo de duas décadas e meia por onde o Yahoo tocou!”

Vida longa então ao Yahoo, há 25 anos a mais importante banda de Rock Popular do Brasil!


.

.

.

ZÉ HENRIQUE

ZÉ HENRIQUE

Zé Henrique, hoje baixista e lead vocal da banda Yahoo, além de compositor e diretor do Studio Pedra da Gávea, nasceu no Rio de janeiro na década de 60… Criado no Méier, subúrbio do Rio, teve uma infância marcada pela liberdade… Já na adolescência, durante uma viagem de navio aos EUA, numa das paradas, mais precisamente na paradisíaca ilha caribenha de Trinidad, comprou uma guitarra em uma loja de departamentos, sem saber tocar um acorde sequer… Pura intuição… Destino, sei lá … De volta ao Brasil, além de iniciar o aprendizado de violão com o renomado professor Carlos Delmiro (irmão do consagrado guitarrista Hélio Delmiro) formou sua primeira banda com os amigos da escola: a banda No (para concorrer com o Yes… rsrs). Fazendo uma rápida passagem de tempo, chegamos ao final de sua adolescência, onde, como membro do grupo Folia, teve seu primeiro flerte com o sucesso, tendo participado e vencido diversos festivais de música, culminando com o festival MPB SHELL da Rede Globo, chegando às finais e aparecendo para todo o Brasil. Tendo tido TODAS as suas músicas vetadas pela censura federal, a banda ficou impossibilitada de gravar seu disco (estava sendo disputada por quase todas as grandes gravadoras) e se desfez. A partir de então, Zé Henrique formou a banda cover “A Trilha” e deu inicio à uma experiência que viria a ser fundamental para sua formaçäo profissional: tocar na noite , nos bailes da vida! Em virtude da grande experiência acumulada na noite, tendo tocado com Analfa, Luiz Carlos Vinhas, entre outros, recebeu convites para acompanhar, como baixista, artistas consagrados como Baby do Brasil, Fagner e Elymar Santos. Seu encontro com Robertinho de Recife, considerado então o maior guitarrista do Brasil, resultou na criação da banda Yahoo, cuja história de sucesso todos já conhecem. Após 10 anos de shows ininterruptos, o Yahoo decidiu dar uma parada, e Zé Henrique, juntamente com os outros membros da banda, passou a dedicar-se ao trabalho de produção musical, baseado num importante trabalho de composição e desenvolvimento de novos talentos. Neste período, a Yahoo Produções desenvolveu e/ou lançou carreiras como LS Jack, Felipe Dylon, Tania Mara, Wanessa Camargo, Pedro e Thiago, além do consagrado trabalho de produção da serie “Xuxa Só Para Baixinhos“, projeto que rendeu a Zé Henrique 2 Grammys Latinos como produtor. Hoje, com todo o background de ter trabalhado com os maiores artistas do Brasil, dirige o grupo de criação do Studio Pedra da Gávea e, como a saudade do palco sempre fala mais alto, está trazendo a banda Yahoo de volta, comemorando 25 anos de carreira, com um ótimo álbum de cançöes inéditas e a promessa de viajar o brasil inteiro levando à todos os fãs a tão esperada tour Yahoo 25.


.

.

.

.

MARCELÃO

MARCELÃO

Minhas primeiras lembranças musicais tem a ver com meu pai chegando em casa com compactos de Frank Sinatra ou Elis Regina e eu, com meus 5 anos, me deixando envolver e ficando alucinado com a sensação que a musica ja provocava em minha alma!

Daí pulo para meus tempos de ginásio, quando Beatles e Led Zeppelin começaram a entrar na minha vida! Falo nesses dois, porque um representava para mim as melodias mais singelas e grudentas, enquanto o monstro de chumbo era o lado experimental dos sons!!! Um pouco antes, comecei a ter aulas de violão clássico, o que certamente abriu minha cabeça para outras fronteiras e possibilidades musicais.

No Rio de janeiro, nessa época (1976), havia uma rádio chamada Eldo Pop, que era especializada em hard rock e rock progressivo. Essa rádio formou no Rio uma geração de aficcionados por estes estilo e, certamente, deixou sua marca em mim pra sempre! Me lembro bem de um dia em que meu professor de violão chegou na minha casa para me dar aula, e encontrou imponente num canto do quarto, minha primeira batera, uma Super Pinguim! Ele sacou que seria uma questão de tempo para que essa paixão definitivamente se instalasse em mim. Menos de um ano depois, tinha abandonado o violão e já sonhava com uma carreira musical como baterista!!!

Em 1980, passei para a faculdade de jornalismo no segundo semestre, tendo assim quase um ano inteiro pela frente sem nada em vista.Tive a chance de ir aperfeiçoar meu inglês indo estudar e ficando esse ano morando na Califórnia. Ja estava com meus 18 anos e shows como Frank Zappa, Robin Trower, UFO, Tod Rundgren’s Utopia e The Who imprimiram em mim o gosto definitivo pelos palcos!!!

A volta ao Brasil foi um pouco dura em contrastes, mas logo na faculdade me achei com uma galera de músicos que tornava minha realidade mais amena. Entrei para a banda de heavy metal Dorsal Atlântica e com isso pude ter um incentivo prático para lapidar tecnicamente minha veia Rock’n'Roll! Essa experiência, embora fantástica, não durou muito, e logo me via devorando metodos de técnica , tendo aulas de batera com Pascoal Meireles, Bob Wyatt e Joca Moraes.

A seguir pude tocar com Celso Blues Boy, Zé da Gaita e com uma série de bandas da cena carioca de rock e blues. Pouco depois veio um boom de bandas instrumentais de fusion e eu, louco para tocar todas as notas possíveis, me divertia muito com elas! Até que apareceu para mim a oportunidade de entrar na banda que acompanhava o Léo Jaime, Os Melhores, que estava se separando dele e lançando um album de inéditas. Foi bem legal por um tempo e o trabalho com eles me levou a me juntar a um grupo que estava em primeiro lugar nas rádios com a musica Mama Maria, chamado Grafite. A agenda da banda estava lotada por conta desse estouro, e eu me diverti muito com eles por quase três anos de viagens incríveis por esse Brasilzão de Deus!!!

Certo dia  de 1987, estava em casa bem tranquilo, quando de repente meu telefone tocou… Era ninguém menos do que o Guitar Hero Robertinho de Recife!!! Ele me chamou para uma audição para formar uma banda brasileira de Arena Rock!!! Juntou a fome com a vontade de comer!!!

Posso dizer que a minha vida profisional pode ser dividida entre antes e depois do Yahoo. Tive a chance de aprender muito com um dos maiores músicos do mundo, fiz amizades dentro da banda que são eternas, e conheci o Brasil de ponta a ponta, mesmo (mais de três mil shows do Oiapoque ao Chuí)!!! O Yahoo também me proporcionou a oportunidade de ter meu estúdio de gravação e de me aperfeiçoar na arte de compor, produzir, arranjar e ser empresário da área musical.

A Banda lançou 6 discos pela EMI e mais 5 por diversas gravadoras. Tivemos mais de 10 músicas em novela, vendemos muitos discos e nunca paramos de fazer shows por esse Brasil todo!!! Essa é uma das coisas que mais amo fazer na vida! Mesmo com a agenda bem intensa do estúdio, poder mostrar minha música ao vivo para pessoas que, de alguma maneira, querem trocar essa experiencia musical com a banda, até hoje me deixa muito realizado!!!

Como o tempo não para, percebemos somente no final do ano passado, que em 2013 a banda completaria 25 anos de existência!!! Claro que essa data não poderia passar em branco para nós!!! Resolvemos focar em compor material novo para um disco de inéditas (o primeiro em mais de 10 anos!). Escolhemos para produzir o PH Castanheira, amigo de longa data tendo trabalhado com Léo Jaime (Sessão da Tarde), Lobão (Vida Bandida), Lulu Santos e Capital Inicial, apenas para citar alguns!!! De uma forma natural, nossas composições e sonoridade foram para o lado mais rock!!!

Sem forçar nada, estávamos soando como nosso primeiro disco, com 2 guitarras, baixo e batera na formação!!! Como nada acontece por acaso, tivemos uma proposta para testar no estúdio um equipamento de gravação chamado Clasp. Simplesmente os mais recentes discos do Kiss e do Aerosmith foram gravados com ele!!! Não tem jeito… Em se tratando de rock, a tecnologia de ponta faz parte do som das bandas!!! É uma espécie de liguagem, forjada através dos tempos, e o som da fita, com todos os seus harmônicos, faz parte desse universo sonoro!!! Não preciso nem dizer, estou muito contente com esse disco e espero que ele possa representar bem os 25 anos da Banda!!! Que venham os próximos 25!!! Yahoo!!!


.

.

RICARDO ASPIRA

RICARDO ASPIRA

Quanto tempo de carreira é necessário para trabalhar entre os melhores? Muito tempo? A história que vem sendo escrita pelo músico, engenheiro de áudio e produtor musical Ricardo “Aspira” Rodrigues nos oferece uma resposta bem diferente do que muitos pensam. Ainda novo, já tem um importante currículo, com trabalhos de ponta em diversas áreas da indústria musical. Com muita determinação e competência, tem participado de diversos projetos nos últimos anos, o que lhe rende um portfólio de dar inveja a qualquer veterano.

Instrumentista desde os 11 anos, pode ser considerado um guitarrista de “mão cheia”. Passeia a vontade entre blues, indie, folk, rock, soul e música brasileira. Empunhando uma Les Paul ou uma Stratocaster. Uma Telecaster ou um violão, em suas mãos qualquer instrumento de seis cordas vira música, e música boa! Não é a toa que Aspira integra a banda Yahoo como guitarrista e compositor e roda o Brasil tocando os hits do grupo que lideraram as paradas de sucesso por diversas vezes nas últimas décadas.

Sempre aplicado ao seu aperfeiçoamento musical, estudou na Escola de Música Villa-Lobos, e em seguida alinhou seu talento à didática de grandes mestres, como o músico Brando Vianna (Los Angeles Music Academy) e Ricardo Marins. Além disso, é formado em Gravação e Produção Fonográfica no curso coordenado pelo produtor Mayrton Bahia (produtor de artistas como Legião Urbana, Cássia Eller, 14 Bis entre outros), formado em Orquestração pelo Conservatório Brasileiro de Música CBM-CEU, além de possuir os certificados oficiais de Pro Tools da AVID.

E se seu trabalho como músico já impressiona, o que dizer de sua atuação como engenheiro de áudio? A lista é extensa. Aspira já atuou em trabalhos de grandes nomes da música brasileira como Milton Nascimento, Ivete Sangalo, Belo, Zezé di Camargo e Luciano, Luan Santana, Claudia Leitte, Michel Teló e tantos outros, para a produção de diversos programas da TV Globo como Domingão do Faustão, Criança Esperança, Show da Virada e Estação Globo, além de novelas da emissora como Flor Do Caribe, Cheias De Charme, Tempos Modernos, Morde e Assopra, Insensato Coração e Malhação. Há mais de 5 anos integrando o time do Studio Yahoo/BRPlus, no Rio de Janeiro, Ricardo atua no mainstream do mercado fonográfico nacional, agregando juventude a uma sólida experiência profissional.

Mas não é só com grandes nomes da nossa música que Ricardo trabalha. Aspira produz artistas independentes de diversos estilos musicais (heavy metal, pop/rock, sertanejo, MPB, etc.) em gravações que contam com  equipamentos de ponta e o know how de um profissional competente e talentoso.

Como guitarrista, técnico ou produtor, Ricardo Aspira impressiona. Não só pela juventude, mas pela seriedade e competência. Quem vê seu trabalho de perto, percebe que ele não está onde está por acaso. E se em poucos anos o rapaz já fez tanto, imagina o que seu futuro ainda lhe guarda.


.

.

RODRIGO NOVAES

RODRIGO NOVAES

De tudo o que já se ouviu no universo da guitarra elétrica por seus nomes mais representativos, a mais emblemática máxima é a de que “o som está no dedo”, na palhetada de cada um. Rodrigo Novaes pertence ao time dos que fazem isso parecer brincadeira de criança. Tem obsessão não só por tocar o instrumento, mas de conhecer cada peça que compõe sua paixão: a(s) guitarra(s). Sua intimidade com o instrumento vai além do saber tocar. Depois de ter tido contado com tudo de melhor do universo do instrumento, decidiu aprender a construir o próprio, cursando e concluindo o B&H de São Paulo.

Rodrigo Novaes navega pelo universo do rock com a maestria e simplicidade de um conhecedor nato e é dono de uma peculiaridade: consegue desempenhar no palco, com a mesma propriedade, uma Strato, uma Les Paul ou uma Flying V. Não é guitarrista de uma só
guitarra e sua destreza enxerga o que extrair de cada uma, seja ao vivo ou em estúdio.

Subiu ao palco pela primeira vez aos 17 anos, em 1990, com sua banda de rock Lírios. Na mesma década foi contratado por bandas covers que faziam mini-turnês pelo Brasil e ao mesmo passo concluiu a faculdade de odontologia – que exerceu por certo tempo. Chegou a montar um porta-estúdio em sua casa e registrou um trabalho autoral/instrumental de guitarra. Ao fim de 99 fundou a banda Gori com mais quatro amigos de Volta Redonda. Banda que teve seu CD lançado pela Universal Music em 2004, e que no período daquele ano corrente se apresentou em casas como Circo Voador, no Rio e Direct TV Hall, em São Paulo; assim como aparições nas TVs MTV, Futura, TVE (TV Brasil), e execuções nas principais rádios de Rio e São Paulo.

Com o fim da banda foi para os EUA e foi escolhido pela Coppermine (banda autoral de Nova York que teve sua “demo” produzida pelo mesmo produtor do Creed, Ron St. Germain) como guitarrista solo. Após essa temporada retornou ao Brasil e fez shows como substituto de Sérgio Knust no Yahoo. Com a saída do mesmo no fim de 2010, foi convidado a fazer parte do grupo e excursiona desde então, inclusive gravando em 2011 o DVD “Yahoo – Flash Night”.

Rodrigo Novaes transita pelos palcos e pelas notas onde se deve transitar no universo do rock: no lugar e na hora certos. Tem como referências Jeff Beck, Jimmy Page, Michael Schenker e Eric Clapton. É um estudioso e vivente compulsivo da guitarra e seu estilo pode ser definido numa expressão cunhada pelo Barão Vermelho: “rock’n geral”.

“Por Figurótico (músico e jornalista)”


.

.

Compartilhe

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments